fbpx
Paulo Salustiano Uro-Oncologista

contato@paulosalustiano.com.br

(21) 2247-2232 - (21) 2523-0769

Uro-Oncologia

Câncer de Próstata

Epidemiologia e Etiologia

O câncer de próstata é o segundo câncer mais frequente nos homens, sendo responsável por quase 15% dos tumores diagnosticados.

A incidência pode variar de acordo com a localização, sendo mais frequente na Austrália e Nova Zelândia e nos países do norte da Europa, e menos frequente na Ásia e mesmo na América do Sul.

Principais fatores de risco:

– Idade (principalmente acima dos 60 anos)
– História familiar
– Obesidade (associado a casos mais graves)

Classificação e Estadiamento

Após o diagnóstico realizado através da biópsia prostática, é importante classificá-lo quanto a sua gravidade e realizar o estadiamento para sabermos a melhor forma de tratamento.
Exames comumente utilizados para estadiamento:

– PSA
– Toque retal
– Tomografia computadorizada ou ressonância nuclear magnética
– Cintilografia Óssea
– PET-PSMA

Tratamento

É importante entender que o tratamento do câncer de próstata deverá ser feito de forma individual, baseado nas características específicas do tumor e principalmente de acordo com a individualidade do paciente.
Modalidades de tratamento:

– Cirurgia (Prostatectomia, que pode ser aberta, laparoscópica pura ou robótica)
– Radioterapia
– Braquiterapia
– Vigilância ativa
– Bloqueio hormonal
– Quimioterapia
– Orquiectomia

Confira outros tipos de câncer:

Whatsapp